Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia receberá combatentes do Líbano

A Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, a única do seu gênero em todo o país, receberá neste sábado (31/08), às 8h, o retorno do Destacamento Aéreo Embarcado (DAE) do 1°Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque (HA-1) da Marinha do Brasil que esteve em missão por mais de 8 meses na Costa do Líbano.. Saiba mais.

Pescadores aldeenses começam receber a primeira parcela do defeso a partir de 31 de agosto

Já estão definidas as datas para o pagamento das três parcelas do seguro defeso aos pescadores que atuam nas cinco cidades no entorno da Lagoa de Araruama, que está protegida por defeso total durante três meses. A primeira parcela estará depositada já neste sábado (31/08); a segunda em 30 de setembro e a terceira e última em 31 de outubro. Leia mais...

"Queda" fatura 2º lugar em concurso cultural do Rio de Janeiro com imagem do descaso cultural

O fotógrafo Junior Silqueiro, de São Pedro da Aldeia, faturou 2º lugar no concurso fotográfico do III Encontro do Patrimônio Fluminense no quesito Fragmentos de Memória, onde se mostram patrimônios culturais que estivessem fragmentados ou ameaçados. O resultado foi divulgado no dia 25 de agosto no Palácio Itaboraí no município de Petrópolis. Leia Mais.

São Pedro da Aldeia é a cidade que menos sofrerá impacto na Região dos Lagos daqui a 30 anos

O Instituto Oswaldo Cruz divulgou um Mapa de Vulnerabilidade da População dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro Frente às Mudanças Climáticas, que mostra as cidades do estado mais vulneráveis aos impactos das mudanças do clima previstas para os próximos 30 anos. O estudo foi feito pela primeira vez em 2011, em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp) e a Fiocruz-Minas. Leia Mais...

Centro de eventos será construído na Praça Hermógenes Freire da Costa e lago sumirá.

A Praça Hermógenes Freire da Costa, reinaugurada e reformada pelo antigo prefeito Paulo Lobo, vai ser novamente reformada. O espaço será reestruturado e será construído um centro de eventos no local. Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia, a verba utilizada para a obra, orçada em R$ 608.824,69, veio por meio de convênios celebrados em 2011, com o Governo Federal, por meio do Ministério de Turismo. Leia Mais...

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Porto do Carro sofre com buracos e falta de iluminação

Buracos se multiplicam na via principal do bairro Porto do Carro
Moradores do bairro Porto do Carro, Zona Leste de São Pedro da Aldeia, sofrem com enormes buracos na via principal e adjacentes além de uma iluminação pública precária. O trânsito de ônibus e caminhões é intenso, visto que é caminho para o aterro sanitário que atende todas as cidades da Região dos Lagos e rota de diversas linhas municipais e intermunicipais. Malabarismos são necessários para se conseguir trafegar pelo local. Em dias de sol quente é a poeira que incomoda e muito os contribuintes.

A Estrada do Alecrim, na parte compreendida no bairro, já foi pavimentada, contudo o asfalto agora cede lugar a crateras e montes de areia que se multiplicam pela via. Na Estrada dos Passageiros, trecho entre Porto do Carro e Vinhateiro também está em situação de total abandono e calamidade pública, problema inúmeras vezes denunciado pelo Diário Aldeense para a administração passada e para a atual, ambas sem nenhuma resposta concreta de resolução do problema.

O dinheiro pago para a iluminação pública, valor cobrado nas contas de luz dos contribuintes, não é visto investido no bairro segundo moradores. Durante o período noturno, os buracos nas vias viram armadilha para transeuntes e veículos, além de favorecer o aumento da criminalidade por camuflar e proporcionar um ambiente mais agradável e discreto aos que andam fora da lei.

Camuflados à noite por precária iluminação pública, buracos apresentam riscos para pessoas e veículos
O Diário Aldeense entrou em contato com a Prefeitura Municipal e com a Secretaria de Serviços Públicos e até o momento de publicação desta reportagem, ainda não fomos respondidos substancialmente sobre o caso. Assim que obtivermos a resposta oficial, ela será publicada nesta reportagem.

Créditos ao Diário Aldeense




São Pedro da Aldeia irá receber auditoria do Festival Nova Música Brasileira


Pela primeira vez em sua história, o ônibus itinerante da 4ª edição do Festival Nova Música Brasileira, que este ano é dedicado ao ritmo samba, passará pelo interior do estado e não mais somente nas Capitais, São Pedro da Aldeia está presente na rota das audições, contudo, as datas da passagem pela cidade ainda não foi divulgada.

O vencedor gravará duas músicas em estúdio e ainda abrirá o show de um renomado sambista no encerramento do festival, que acontecerá no dia 30 de março. As inscrições já estão abertas e vão até dia 03 de fevereiro.

O projeto é realizado pela agência Biruta Ideias Mirabolantes, com patrocínio da cerveja CINTRA e Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, além de contar com o apoio da prefeitura das cidades envolvidas. Segundo o diretor da Biruta Guilherme Borges, o NMB surgiu para dar um palco, um espaço, para esses grandes grupos. “O tema samba foi escolhido porque tem apelo popular e se destaca pela sua melodia, swing e criatividade. É o ritmo que conduz o Carnaval, a época festiva mais colorida e democrática do país”, afirma.

Serão ao todo até dez grupos de cada cidade, que terão entre 15 e 20 minutos para apresentar suas músicas (inéditas ou versões) para os jurados dentro do ônibus itinerante. O júri, composto pelos produtores musicais e membros das secretarias de cultura que apoiam o projeto, escolherá o melhor grupo de cada cidade, que posteriormente participará da grande final por região.

Já na terceira fase, o grupo vencedor de cada cidade irá concorrer à premiação final, que contemplará apenas dois grupos escolhidos pelo voto popular e dos jurados. Os interessados devem se inscrever até o dia 3 de fevereiro pela fanpage do NMB no facebook https://www.facebook.com/novamusicabrasileira ou pelo e-mail contato@novamusicabrasileira.com.br.

Créditos ao Diário Aldeense

Boates e casas de shows em São Pedro da Aldeia e Região são fechadas após vistoria

Os militares do Corpo de Bombeiros, representantes do governo municipal e a Polícia Militar vistoriaram hoje diversas boates e casas de shows foram vistoriadas e fechadas por não estarem perfeitamente regularizadas. Em São Pedro da Aldeia, a casa de shows do São Pedro Esporte Clube (SPEC), onde também funciona a sede social, que funciona no centro da cidade, foi interditada ontem (30/01) por inadequação das saídas de emergência.

O comandante do Corpo de Bombeiros na Região dos Lagos, tenente coronel Rodrigo Bastos disse que a operação continua até que todos os locais sejam vistoriados.

''Neste primeiro momento observamos que a maioria das casas noturnas e bares tem irregularidades para funcionar. Nós vamos vistoriar todos locais que precisam ser vistoriados para que a população possa ter toda segurança.''

O comandante disse ainda da importância que uma denúncia tem. Segundo ele, depois da tragédia na boate Kiss, o número de denúncias na Região dos Lagos aumentou muito.

''Denunciem. Uma ocorrência de incêndio que a gente recebe tem a mesma importância de uma denúncia que diz que uma porta de emergência de alguma casa noturna está bloqueada.''

Para fazer a denúncia de alguma irregularidade em estabelecimentos da Regiãos dos Lagos, basta ligar para o número 193 ou então mandar uma mensagem pelo site do Corpo de Bombeiros.

Outras cidades
Em Cabo Frio, as boates It's e Evidence e a casa de show Doctor Nem, foram vistoriadas hoje e ainda não temos a informação se estão ou não interditadas. Ontem (30/01), o The Best Etílico foi interditada devido a insuficiência da sua escada de acesso, a qual terá que ser ampliada; o Ratatá foi interditado devido a documentação irregular. Na praia do Forte os bares Imperador e Biroska Chic foram interditados porque tem música ao vivo, e por isso, segundo os bombeiros, deveriam ter saídas de emergência. Aderbal Junior Gomes, responsável pelo local disse que voltará a funcionar nesta quinta (31).

A Boate Angels, no bairro Peró, foi notificada pelos bombeiros. O motivo seria a falta do registo anual. Segundo a proprietária do local, Ledimar Carvalho, o problema com o documento será resolvido em breve. De acordo com o comandante Rodrigo, de todas as casas noturnas vistoriadas, a Angels foi a única na operação desta quarta-feira (30), que não foi interditada.

Em Búzios, cinco locais foram interditados. Os nomes dos estabelecimentos ainda não foram divulgados. Em Arraial do Cabo, um bar foi interditato.

Créditos ao Diário Aldeense
Com infomrações do G1

Homem é morto a tiros em bairro de São Pedro da Aldeia

Durante o período da tarde de hoje (31/01), no bairro Flecheira, Zona Oeste da cidade, um homem de aproximadamente 23 anos foi morto a tiros no Loteamento Catarino. Breno Cristiano Gonçalves levou cinco tiros, quatro nas costas e um na cabeça, segundo peritos do ICCE.

Segundo testemunhas presentes na hora do crime, os criminosos se aproximaram da vítima, que estava em uma moto, dentro de um carro escuro.

A Polícia acredita que a motivação do homicídio foi vingança, já que a vítima cumpriu pena por tentativa de homicídio e entrou em liberdade há um mês.

O corpo foi levado para o IML de Cabo Frio e a ocorrência foi registrada na 125º DP em São Pedro da Aldeia.

Créditos ao Diário Aldeense
Com informações de Renata Cristiane

Canais dos bairros estão sendo dragados

foto: Renato Proença
O Governo municipal está trabalhando na dragagem de valas negras nos bairros para diminuir o risco de enchentes. O serviço, iniciado na altura do Bairro Fluminense, já foi realizado no Bairro São João e agora está atendendo o bairro Baixo Grande.

De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Volmar Madruga, o próximo bairro a ser atendido pela dragagem será o Alecrim.

“Com essas dragagens, vamos melhorar a receptação das águas das chuvas, tão comuns nessa época do ano, evitando assim as enchentes”.

Não foi divulgada nenhuma data ou intenção de manilhamento das valas negras nos bairros atendidos pelo serviço de dragagem.

Créditos ao Diário Aldeense

São Pedro da Aldeia sem risco de epidemia de dengue

A preocupação com a dengue, que a cada verão deixa um rastro de doentes e mortos em todo o Brasil, fez com que o prefeito Cláudio Chumbinho determinasse medidas enérgicas no combate a doença. A secretária de Saúde Analice Martins e a subsecretária, Isaura Maria Silva, convocaram toda a equipe de combate a endemias e as ações já acontecem por toda a cidade.

De acordo com Isaura Maria, no momento há sete notificações de suspeita da doença em toda a cidade, nenhuma delas confirmadas. Segundo ela, isso significa que estamos longe de uma epidemia.

“Esses casos, considerados isolados, acontecem durante todo o ano. Estamos na época de maior risco de epidemia, que é o verão, por causa das constantes chuvas e estamos conseguindo manter esse índice baixo”, afirmou.

No momento, os agentes de combate a endemias e os agentes comunitários de saúde, do Programa Saúde da Família estão realizando visitas preventivas em todas as casas, com plantão de verão nos finais de semana para atingir as residências dos veranistas.

O prefeito Cláudio Chumbinho alerta aos moradores para os cuidados contra a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.

“A população precisa colaborar para evitar a proliferação dos mosquitos. As medidas são simples e podem ser feitas por todos. Não acumular lixo, evitar água parada em baldes, pratos com vasos de plantas, garrafas etc. Peço também que recebam com carinho nossos agentes em suas casas”, solicitou o prefeito.

Para os casos de pessoas contaminadas, a secretaria designou quatro profissionais de Saúde para realizarem um curso de especialização no Rio de Janeiro, onde todos foram atualizados com novas técnicas de tratamento. Além disso, o Pronto Socorro e as Unidades de Saúde estão sendo preparadas com novos equipamentos para o atendimento de possíveis doentes.

“O objetivo da política de combate a dengue, além da prevenção, é zerar os óbitos em caso de contaminação”, explicou Isaura Maria.

Créditos à Ascom PMSPA

Acordo entre Grupo Mil e Prefeitura está a caminho e promete melhorias na cidade, incluindo nova orla no Baixo Grande

O prefeito Cláudio Chumbinho, acompanhado da secretária de Ambiente, Lagoa e Pesca, Adriana Saad e do secretário de Urbanismo, Júlio César Berlandi, reuniram-se na manhã de hoje (31) com representantes do Grupo Mil, responsável pelo condomínio Marina Clube, no Baixo Grande, em busca de parcerias para melhorias no bairro e em todo município.

Durante o encontro, o representante da empresa, André Luiz Carvalho, expôs todas as atividades do grupo e a disposição de colaborar com a nova administração municipal.

“Vamos sempre trabalhar no sistema de parceria com empresas que trazem o desenvolvimento para o município. A melhoria na orla do Baixo Grande será a primeira atividade que faremos em conjunto com o Grupo Mil” afirmou o prefeito Cláudio Chumbinho.

Créditos à Ascom PMSPA

São Pedro da Aldeia ganhará academias populares em breve

Prefeitura oficializa doação de concreto em reunião com empresário local
foto: Fernando Chaves
Seguindo o projeto original da Praça Hermógenes Freire da Costa, a Prefeitura da cidade promete construir a academia popular na área próxima ao local, do lado do Centro de Informações Turísticas. Hoje (31/01), o Prefeito Cláudio Chumbinho se reuniu com Marcelo Menezes, gerente de uma empresa na área de engenharia de concreto e oficializou a doação de 16 metros cúbicos de concreto. O material será utilizado na construção da base estrutural das futuras instalações da academia popular.

“Nossa meta é trazer cada vez mais investimentos para o município. Essa doação é um ganho para a Prefeitura, mas muito mais para a população. Nossa intenção é consolidar um governo participativo que promova, acima de tudo, o bem estar, a dignidade e a qualidade de vida para os nossos munícipes” - disse Chumbinho.

Créditos ao Diário Aldeense

Mutirão continuará nesta sexta-feira

Apesar de ontem (30/01) a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal informar ser hoje (31/01) o último dia do Mutirão, amanhã ele permanecerá. Passará por 3 áreas diferentes, somando cerca de 13 bairros. Confira abaixo o cronograma:

Área 2 – Estação, São José, Bela Vista, Morro do Milagre, Bairro Fluminense, Boa Vista e Retiro.

(uma retroescavadeira, duas roçadeiras, 2 caminhões de tocos, caminhão de limpeza e equipe de limpeza).

Área 8 – Campo Redondo, Bairro São João, Jardim Primavera e Colina.

(uma retroescavadeira, 1 caminhão de galhos, 1 caminhão truck, 1 caminhão de tocos).

Área 4 – Recanto do Sol, São Mateus e Botafogo.

(uma retroescavadeira, 1 caminhão truck e capina na Escola Paulo Roberto Marinho).

Créditos ao Diário Aldeense

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Jovem esquartejada foi sepultada hoje no Cemitério dos Eucaliptos

Aconteceu nesta quarta-feira à tarde, às 14h, o sepultamento de Estefani Gonçalves, de 20 anos, no cemitério dos Eucaliptos no bairro Jardim Esperança no município de Cabo Frio. A jovem foi morta e esquartejada em São Pedro da Aldeia. Um crime que chocou toda Região dos Lagos.

O resultado dos exames de DNA comprovaram que os restos mortais que foram achados na última semana às marges da RJ 140, no Bairro São João em São Pedro da Aldeia, comprovaram tratar-se da jovem que foi assassinada numa trama macabra, onde o principal suspeito é o travesti Daniel Lucas de 18 anos e a cúmplice Catiele Fernandes, de 21. Ambos estão presos.

A família encerra mais uma etapa de sofrimento. Somente ontem os restos mortais foram liberados para realizar o enterro.

Créditos à Renata Cristiane

Situação no Balneário São Pedro continua sem solução

Este mês, o Diário Aldeense denunciou a situação do bairro Balneário São Pedro depois de uma forte chuva que assolou toda a Região dos Lagos. Ruas intransitáveis e casas que enchem no decorrer da tempestade continuam sendo uma realidade no dia a dia dos contribuintes. A Associação de Moradores do bairro Balneário São Pedro havia nos respondido que cobraria do governo municipal melhorias em relação ao bairro, mas nada continua a ser feito.

Na época, em resposta ao Diário Aldeense, o Secretário de Serviços Públicos prometeu levantar a situação do bairro e promover melhorias o quanto antes. Ele ressaltou que dos vinte dias de Governo já foram feitos nove dias com atendimento de nossas equipes, inclusive na Praia da Tereza. Contudo não foi apresentado nenhum plano de solução para o problema apresentado.

"Nos demais bairros, segundo a Assessoria de Imprensa da PMSPA coloca no mesmo Facebook e na página oficial da Prefeitura, o tal de Mutirão acontece a contento, com fotos de autoridades municipais presentes ao dito cujo, mensagens e agradecimentos dos moradores destes bairros, o que para os demais moradores de São Pedro da Aldeia está sendo muito bom, pena que para nós do Balneário São Pedro nada disto esteja acontecendo." - disse Jose Raimundo, Presidente da AMORBASP.

o Presidente da Associação enfatiza que nunca foi consultado pelo governo municipal sobre o que deveria ser melhorado no bairro e divulgou uma pequena lista de 5 itens das necessidades do bairro, alguns deles já prometidos pela Prefeitura e não cumpridos.

1. Limpeza, serviços de jardinagem, reforma (reposição e pintura dos bancos e calçamento) e trabalhos de parte elétrica na Praça da AMAERJ, em frente à Sede da Associação de Moradores.
2. Conserto de buraco com mais de 75 cm de profundidade na entrada principal do Balneário São Pedro, na Rua Brandão Filho, quase chegando à laguna (este conserto foi prometido tem 20 dias e até agora, nada).
3. Retirada de lixo de podas feito pelos moradores, segundo instrução da própria Prefeitura e que fosse colocado em frente às casas e até agora, retirar o lixo?... Nada!
4. Recolocação de lâmpadas em diversos pontos do bairro, que nos foi combinado com a AMORBASP que se faria uma visita para verificar as necessidades de recolocação e conserto de postes e "garfos".... e até agora nada foi feito.
5. Colocação de pinos de contenção na orla da lagoa, que a própria AMORBASP começou a fazer para que se contenha o estacionamento de veículos até na beira d'água. Além da colocação e/ou substituição dos pinos quebrados, foi solicitada também a caiação dos mesmos.... e até agora continua sem providências.

O Diário Aldeense entrou em contato com o Secretário de Serviços Públicos, Volmar Madruga, para pedir esclarecimentos sobre os fatos acima colocados. Até o momento de publicação desta reportagem ainda não recebemos uma posição oficial sobre o assunto. Assim que nos for respondido, a publicaremos aqui.

Créditos ao Diário Aldeense

Bairro Colina sofre com picos e faltas de energia

O cotidiano dos moradores do bairro Colina em São Pedro da Aldeia é de dificuldades em relação ao fornecimento de energia elétrica. Pelas constantes quedas, há riscos de perda de eletrodomésticos, alimentos estragarem e essas situações causam um desconforto ímpar aos contribuintes. Ontem (29/01) houve novamente queda de energia com duração de aproximadamente 5 horas segundo moradores. Eles também continuam reclamando da falta de atuação do mutirão emergencial do município pois bueiros continuam entupidos, ruas sem varrição e acúmulo de lixo em certos pontos do bairro.

"Já comuniquei o caso a Aneel mas parece que de nada adianta. Porque que não punem ? Porque não aplicam multas pesadas? Um vexame. (...) Não pode acontecer de nós pagarmos as contas e ficarmos a mercê deles em tempo de queimar nossos aparelhos e se isso acontecer, dá a maior mão de obra para se receber ,tem que acionar a justiça " - disse José Jalbes, morador do bairro.

Tentamos entrar em contato com a Ampla, concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica no município, mas até o momento de publicação dessa reportagem, nenhuma informação substancial nos foi dada em relação a esclarecer o motivo das constantes quedas de energia.

O Diário Aldeense pede a colaboração de nossos leitores em vistoriar os feitos no bairro e nos informar caso tenha ocorrido alguma mudança no quadro da situação no bairro, ou se continua com nada sendo feito para solucionar o problema. 

O que fazer em casos de danos?

De acordo com a Resolução 360/2009 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o consumidor deve registrar o problema em um dos canais de atendimento da concessionária (internet, telefone, pessoalmente) no prazo de até noventa dias, especificando quais os equipamentos foram danificados. A empresa deverá abrir processo específico de indenização.A concessionária terá 10 dias para inspecionar o equipamento danificado, mais 15 dias para apresentar a resposta ao pedido e outros 20 dias para providenciar o ressarcimento. Caso não ocorra a vistoria, o prazo para resposta será de 15 dias contados da data da solicitação do ressarcimento.

O Procon alerta que o consumidor não deve reparar o equipamento danificado, salvo nos casos em que houver autorização prévia e formal da concessionária, bem como impedir ou dificultar sua inspeção pois poderá perder o direito à indenização.

Em casos em que a falta de energia queimou ou danificou eletrodomésticos, a recomendação é de que o consumidor entre em contato com a companhia distribuidora de energia e peça uma vistoria da empresa para avaliar a extensão dos danos.

A Aneel determina que essa avaliação deve acontecer no prazo máximo de dez dias. No caso de equipamentos que contém produtos perecíveis, como geladeiras, esse prazo é de um dia.

Até a data da vistoria, o consumidor não deve consertar o aparelho. Se isso for feito, o ressarcimento terá que ser pedido judicialmente.

Uma resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) tornou mais fácil o processo para que o consumidor seja ressarcido em caso de eletrodomésticos danificados por problemas no fornecimento de energia elétrica.

Apesar da resolução, no entanto, o consumidor ainda pode apelar para o Código de Defesa do Consumidor ou para a Justiça em caso de insatisfação. “Mas a gente recomenda que use os termos da resolução da Aneel, porque dá margem a uma solução amigável e muito mais rápida”, recomenda o diretor do Procon.

Exija um protocolo

Quando a reclamação for feita, é fundamental registrar e guardar o número do protocolo da queixa.Se a queixa for feita pessoalmente, o consumidor deve pedir um comprovante. No caso de telefone, anote o protocolo e solicite posteriormente a gravação da conversa. “E se fizer por meio eletrônico, é importante guardar a correspondência”, diz Pfeiffer.

Dificuldade no atendimento

Se o consumidor tiver dificuldade para entrar em contato com a companhia distribuidora de energia em razão do excesso de chamadas e linhas de atendimento ocupadas, a orientação é de que o cliente apele para outros canais. A confirmação do recebimento é importante porque, em caso de eventual ação na Justiça, poderá ser usado para comprovar que a reclamação foi feita pelo consumidor.

Guarde provas

Na hora de fazer o contato com a empresa, reúna o maior número possível de comprovações e detalhes sobre o problema ocorrido:

- tenha em mãos uma fatura com seu código de cliente;
- informe o dia, mês e a hora do problema ocorrido;
- descreva as características do produto danificado: modelo do produto, marca, número de série, ano de fabricação.

Prazos

Pela resolução da Aneel, o consumidor tem 90 dias para notificar a distribuidora de energia do problema o ocorrido. Por sua vez, a empresa tem um prazo de dez dias a partir da comunicação do consumidor para fazer a vistoria no aparelho.

Esse prazo cai para um dia em caso de equipamentos que contêm produtos perecíveis. A visita deve ser agendada e informada ao consumidor.

Em até 15 dias a partir da data da vistoria, a distribuidora deverá informar ao consumidor, por escrito, sobre o resultado do pedido. Se o laudo for favorável ao consumidor, o conserto, substituição do aparelho ou restituição deve ocorrer em até 20 dias.

Discordância

Caso o consumidor discorde do laudo da concessionária de energia, pode pedir a intervenção da Aneel ou de uma agência estadual de energia elétrica, segundo o diretor do Procon.

Pode também recorrer aos órgãos de defesa do consumidor ou, mais adiante, à Justiça. No Juizado Especial Cível (antigo pequenas causas), ações de até 20 salários mínimos podem ser iniciadas pelo próprio consumidor, sem necessidade de advogados. Nesse caso, é preciso levar o máximo de documentação sobre o caso possível.

Créditos ao Diário Aldeense

Praça Doutor Plínio Assis Tavares recebe pintura e manutenção

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia realizou diversas intervenções na Praça Doutor Plínio Assis Tavares, a Praça do Canhão, a fim de revitalizar o espaço. No local foram feitas reformas, manutenção e pintura geral, troca de bancos, consertos hidráulicos e elétricos, limpeza, reparos nos canteiros e poda das árvores e plantas dos jardins. A ação é uma parceria da Secretaria de Serviços Públicos e a Secretaria de Meio Ambiente e faz parte do projeto de revitalização das praças do centro, determinado pelo Prefeito Cláudio Chumbinho.

A Praça Agenor Santos, conhecida como Praça da Matriz, será a próxima a receber as melhorias. O espaço também receberá pintura e reforma geral. A equipe de Serviços Públicos vai dar atenção especial ao parquinho em frente à praça. Os brinquedos serão substituídos e os equipamentos passarão por manutenção. Os trabalhos já começaram pela pista de dança.

“Estamos trabalhando para entregar um ambiente seguro, atrativo e aconchegante para que nossos munícipes e visitantes tenham um espaço melhor para a convivência e socialização”, declarou o Secretário de Serviços Públicos, Volmar Madruga Vaz.

Logo no início de janeiro, o Prefeito Cláudio Chumbinho, acompanhado de secretários e representantes das pastas de Serviços Públicos, Meio Ambiente e Obras e Urbanismo, vistoriou as instalações das três principais praças do centro e fez um levantamento das principais necessidades.

Confira as imagens abaixo:





Créditos à Ascom PMSPA
Fotos: Renato Proença

Peça de Nelson Rodrigues será a atração do Teatro neste domingo

O Teatro Municipal Átila Soares da Costa recebe, neste domingo (03), às 20h, o espetáculo “Perdoa-me por me traíres”, de Nelson Rodrigues. A peça é patrocinada pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio do projeto Novas Cenas, e conta com o apoio da Prefeitura. A entrada é franca e a retirada das senhas será a partir das 18h. A produção artística é da Companhia Teatral Casa dos Azulejos, de São Pedro da Aldeia.

Este ano, o projeto Novas Cenas está homenageando o dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues no centenário de seu nascimento. A Companhia Teatral Casa dos Azulejos foi um dos quinze grupos – e o único grupo de teatro da Região dos Lagos – selecionados pela SEC, através de chamada pública.

O projeto possibilita que atores novatos circulem por diferentes municípios do estado, apresentando seu trabalho para plateias variadas. A ideia é contribuir para o enriquecimento da agenda cultural nas cidades e consolidar novas companhias de teatro.

Sinopse

“Perdoa-me por me traíres” foi escrita por Nelson Rodrigues em 1957. Definida como uma tragédia de costumes, a peça escandalizou o Rio de Janeiro da época ao discutir temas como aborto, traição e prostituição de menores. Conta a história de Glorinha, uma jovem de 15 anos, de família de classe média, criada pelo Tio Raul, que é levada pela amiga a uma casa de prostituição de luxo, na qual recebe políticos e outros fregueses com “imunidades”. A montagem é uma trama densa que desencadeia no público um “pavoroso fluxo de consciência”.

Ficha Técnica

Texto: Nelson Rodrigues

Direção, Cenário e Trilha Sonora: Nelson Yabeta

Elenco: Anna Fernanda, Bárbara Boy, Barbara Lane, Bruno Peixoto, Diego Vivas, Fátima Pessanha, Johnny Vieira, Juan Carlos Luna, Lucienne Moura, Vânia Petra, Walter Ramos

Figurinos: Leonardo Braza

Iluminação: Bruno Peixoto

Coreografias: Aguinaldo Rodrigues

Maquiagem: John Yabeta

Assistentes de direção: Diego Vivas e Juan Carlos Luna

Assistente de figurinos: Barbara Lane

Programação visual e operação de luz: Rodrigo Sena

Operação de som: Gilberto Costa

Produção artística: Cia. Teatral Casa dos Azulejos

Produção geral: Casa dos Azulejos Produções Artísticas e Culturais LTDA-ME

Créditos à Ascom PMSPA

Último dia do Mutirão de limpeza passa em quatro áreas de São Pedro da Aldeia nesta quinta-feira

O último dia do Mutirão de Limpeza emergencial estará nesta quinta-feira,31, em quatro áreas de São Pedro da Aldeia. Encerrando a primeira fase de limpeza na cidade, as intervenções vão percorrer cerca de 18 bairros.

Confira abaixo a programação desta quinta-feira:

Área 1 – Centro, Mossoró, Porto da Aldeia, Poço Fundo, Boqueirão, Sudoeste, Baleia e Ponta da Areia.
(uma retroescavadeira, 1 caminhão truck, 1 caminhão toco, 1 caminhão de galhos, 1 caminhão muck para operações Tapa Buraco e operadores).

Área 3 – Rua do Fogo, Cruz e Três Vendas.
(uma retroescavadeira, uma roçadeira, 1 caminhão de toco, 1 caminhão e galhos e patrolamento).

Área 7 – Balneário, Praia Linda e Flexeira.
(1 caminhão truck, 1 caminhão de galhos, 1 caminhão de tocos e duas retroescavadeiras).

Área 8 – Campo Redondo, Bairro São João, Jardim Primavera e Colina.
( Equipe de pintura nas praças)

Créditos à Ascom PMSPA

Serviços Públicos divulga dias de coleta de lixo em São Pedro da Aldeia

A Secretaria de Serviços Públicos divulgou os dias em que os caminhões prensa e caminhões carrocerias estão retirando o lixo dos bairros aldeenses. Para que o recolhimento seja feito pela equipe, evitando que haja acúmulo nos locais, a cidade foi dividida em áreas e rotas de retirada. Segundo a Secretaria de Serviços Públicos, os dias de recolhimento foram definidos de acordo com a necessidade de cada bairro.

Na oportunidade o Prefeito, Cláudio Chumbinho, solicitou à população que descarte o lixo nos dias da coleta. “Estamos realizando um trabalho incessante para limpar a cidade e precisamos manter a limpeza, para isso, contamos com a colaboração da população. Peço a todos que descartem o lixo nos dias em que o caminhão passa no bairro para fazer a coleta. Para o bem de todos, nos ajudem a manter a cidade limpa e bonita”, disse.

Confira abaixo os dias e rotas dos caminhões:

- Recanto do Sol, Estrelinhas, Casquinha e CTG:
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – segunda, quarta e sexta-feira.

- Jardim das Acácias I e II e Rua do Fogo:
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – segunda, quarta e sexta-feira.

- Porto do Carro e Jardim Primavera:
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – segunda, quarta e sexta-feira.

- Buriti, São Mateus e Botafogo:
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – terça e quinta-feira.

- Flexeira I e II, Sapeatiba, Sergeira e Cruz:
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – terça e quinta-feira.

- Retiro, Parque Arruda, Alecrim (de cima):
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – terça e quinta-feira.

- Alecrim (de baixo), Português e Jardim das Orquídeas:
caminhões carroceria e equipe de Serviços Públicos – terça e quinta-feira.

- Centro:
caminhões prensa – segunda, terça, quarta, quinta, sexta-feira e sábado.

- São José:
caminhões prensa – segunda, quarta e sexta-feira.

- Estação:
caminhões prensa – terça, quinta-feira e sábado.

- Porto da Aldeia:
caminhões prensa – segunda, quarta e sexta-feira.

- Balneário:
caminhões prensa – terça, quinta-feira e sábado.

- Praia Linda:
caminhões prensa – terça, quinta-feira e sábado.

- São João, Colina e Eugênio Moraes:
caminhões prensa – segunda, quarta e sexta-feira.

- Campo Redondo:
caminhões prensa – terça, quinta-feira e sábado.

- Morro dos Milagres e Boavista:
caminhões prensa – segunda, quarta e sexta-feira.

- Baixo Grande, Ponta do Ambrósio e Vinhateiro:
caminhões prensa – terça, quinta e sábado.

Créditos à Ascom PMSPA

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Rio Piri-Piri é analisado pela Exposição itinerante SOS Mata Atlântica

Rio Piri-Piri foi analisado pela equipe do SOS Mata Atlântica durante visita em São Pedro da Aldeia
O rio aldeense Piri-Piri  foi um dos corpos d’água escolhidos pela equipe da Exposição Itinerante SOS Mata Atlântica para ser analisado durante a nossa passagem pela cidade. Este é um pequeno rio que nasce na Serra de Sapiatiba e percorre um pequeno trecho até desaguar na Laguna Araruama.

A equipe da exposição realizou a coleta no bairro Flexeiras, loteamento Antonio Catarino Mota, na Zona Oeste no plano de gestão do município.

O resultado da análise somou 28 pontos sendo considerado “regular”. Um indício que o rio Piri-Piri precisa de mais cuidados para que ele chegue a uma qualidade “boa” ou “ótima” de sua água. O Estudo pode ser utilizado pelo Poder público municipal e Estadual para tomada de providência em relação à políticas públicas ambientais.

Exposição
Durante a visita, a SOS Mata Atlântica e as instituições parceiras locais promoveram à partir do dia 07/01 até dia 20/01 palestras, oficinas, cinema, jogos educativos, debates, exposições, entre outras atividades. O caminhão adaptado, que ficou na Praça Hermógenes Freire da Costa no centro, transformado numa sala de aula itinerante, contou com um espaço fechado, com cadeiras, projetor e sistema de sonorização para a realização das palestras, oficinas, encontros, debates, reuniões, treinamentos e cinema como o CineMata, sessões de vídeo com temas socioambientais.

Créditos ao Diário Aldeense

Oi Velox nos moldes do PNBL tem 1Mbps de velocidade a R$ 35 mensais

Até o fim de 2014, as ofertas estarão disponíveis em todas as localidades-sede dos 4.800 municípios da área de atuação da OiRio de Janeiro, 29 de janeiro de 2013 – A Oi completou 2.440 municípios, incluindo São Pedro da Aldeia, com ofertas Oi Velox nos moldes do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) em 2012, superando a meta de 1.900 municípios prevista para o ano.

Com esse resultado, a companhia atingiu 51% do total de municípios de sua área de atuação, em menos da metade do prazo fixado para atingir essa meta – até o final de 2014. A maior parte das localidades atendidas (cerca de 40%) está nas regiões Norte e Nordeste do país.As cidades contempladas em dezembro estão distribuídas em sete estados: Bahia, Espírito Santo, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Goiás e Paraná.

Ao todo, as ofertas do Oi Velox nos moldes do PNBL estão presentes em 24 estados, além do Distrito Federal. O valor do serviço é fixado em R$ 35,00, mas nos estados que aderiram ao decreto de isenção do ICMS, a Oi oferece o produto a R$ 29,90. Já têm isenção do imposto os seguintes estados: Pará, Paraná, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia. As ofertas seguem o que estabelece o Termo de Compromisso de Adesão ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), firmado pela Oi junto ao Ministério das Comunicações e à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Por iniciativa do Governo Federal, o PNBL orienta o processo de popularização da internet no Brasil. O foco é a ampliação do acesso à banda larga, promovendo a inclusão digital e reduzindo as desigualdades sociais e regionais no país, uma vez que alcança as mais remotas cidades brasileiras.

Para tornar o PNBL mais conhecido nas centenas de cidades do interior, além de realizar divulgações em rádio e sistemas locais de som e instalar outdoors, a Oi envia cartazes e faixas para as prefeituras que concordam em recebê-los, para que os municípios também participem desse esforço nacional de inclusão digital. Na Oi, o cliente não precisa pagar pelo modem, cedido em regime de comodato. O cliente tem também a opção de escolher um provedor de acesso gratuito, conforme lista de empresas que atuam em parceria com a companhia, ou pagar por esse serviço, caso prefira um provedor que também seja parceiro da Oi, mas cobre pelo serviço. Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente pode optar também por uma oferta de serviços que inclua, além do Oi Velox nos moldes do PNBL, o Oi Fixo.

Os detalhes sobre as condições comerciais das ofertas estão disponíveis no site da companhia (www.oi.com.br) ou podem ser consultados pelo serviço de televendas com ligação gratuita (0800 031 0001). Nas cidades beneficiadas, as ofertas Oi Velox nos moldes do PNBL estão disponíveis para novos clientes e também para quem já é assinante. Para facilitar a adesão, a Oi parcelou o valor da habilitação em dez vezes de R$ 9,90 por mês na fatura do plano. Em atendimento ao compromisso assumido com o Governo Federal, o limite de download mensal, inicialmente estabelecido em 500 Mbytes, terá que ser dobrado para um Gigabyte a partir de julho de 2013.

Créditos ao Nortão online

Petrobras reajusta preço da gasolina e do diesel


A Petrobras informou nesta terça-feira (29) que os preços da gasolina e do diesel serão reajustados a partir de quarta-feira nas refinarias. O reajuste será de 6,6% para a gasolina A e de 5,4% para o diesel (média Brasil), segundo comunicado da empresa.


A correção vale a partir da zero hora desta quarta-feira (30).

"Esse reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da Companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo", afirmou a companhia em nota.
De acordo com a estatal, os preços da gasolina e do diesel, sobre os quais incide o reajuste anunciado, não incluem os tributos federais CIDE e PIS/Cofins e o tributo estadual ICMS.

Último aumento
No fim de junho de 2012, a Petrobras anunciou um aumento do preço dos combustíveis cobrados nas refinarias. A gasolina teve aumento de 7,83%, e o diesel, de 3,94%, desde 25 de junho.

Entretanto, o Ministério da Fazenda isentou a comercialização destes combustíveis da cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). "Dessa forma, os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento", informou na ocasião.

Como a Cide já está zerada, um eventual novo reajuste seria necessariamente repassado para os preços ao consumidor.

Expectativas
A possibilidade de um novo reajuste no preço dos combustíveis vinha sendo cogitada desde pelo menos desde outubro do ano passado, quando a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou que um aumento de combustíveis no Brasil é algo que ocorreria "certamente".

"O aumento de combustíveis certamente virá. Quando? Não tem data, é importante dizer", afirmou ela. Graça ressaltou, naquele momento, que o aumento não ocorreria no curto prazo.

"Não há previsão para aumento de combustíveis. Se você olha o longo prazo, médio prazo, eu diria que sim [que haverá alta]. Mas quando você olha o curto prazo, não há previsão para aumento de combustível no país", declarou a presidente da Petrobras na ocasião.

O Banco Central também informou, por meio da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), na última quarta-feira (24), que espera um reajuste de 5% no preço da gasolina neste ano.

O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Antonio Henrique da Silveira, havia dito, em janeiro, que a defasagem no valor da gasolina no Brasil em relação ao internacional é de cerca de 7% e que um reajuste no preço do combustível neste patamar seria “plausível”.

CRéditos ao G1

Mutirão passará por mais 18 bairros amanhã (30/01)

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, anuncia que nesta quarta-feira (30), o mutirão de limpeza vai passar por quatro áreas, contemplando um total de 18 bairros.

Hoje (29/01), no segundo dia do projeto "É Tempo de Viver Bem" no bairro Baixo Grande, na Zona Leste, foram retirados os entulhos e lixo que acumulava na margem da Laguna Araruama. O caso foi denunciado este mês com exclusividade pelo Diário Aldeense, assim como problemas em outros bairros da cidade ainda sem solução.

Confira a programação:

Área 1 (Centro, Mossoró, Porto da Aldeia, Poço Fundo, Boqueirão, Sudoeste, Baleia e Ponta da Areia) – Três homens para capina e retirada de entulho e um caminhão de galhos.

Área 4 (Recanto do Sol, São Mateus e Botafogo) – Uma retroescavadeira, um caminhão toco e equipe de três homens para a varrição.

Área 6 (Vinhateiro, Ponta do Ambrósio e Baixo Grande) – Uma retroescavadeira, um caminhão truck, um caminhão toco, uma roçadeira e um caminhão de galhos.

Área 8 (Campo Redondo, São João, Jardim Primavera e Colina) – Uma retroescavadeira, um caminhão truck, um caminhão toco e um caminhão de galhos.

Créditos ao Diário Aldeense

Novas oportunidades de emprego para São Pedro da Aldeia

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria Especial de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, divulgou uma lista de vagas para contratação imediata. Os interessados devem enviar o currículo para o e-mail sagat.spa@gmail.com. Os currículos devem conter, além dos dados pessoais, profissionais e escolares, a vaga pretendida e o número do CPF do candidato. Confira a lista de vagas oferecidas:

• Assistente de Vendas (necessário ter moto e acima de 25 anos)
• Auxiliar de Cozinha
• Auxiliar de Limpeza
• Auxiliar de Reservas
• Auxiliar de Serviços Gerais
• Arrumadeira
• Garçom
• “Guest Relations”
• Mensageiro
• Monitor de Lazer
• Recepcionista
• Telefonista

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (22) 2625 3850.

Créditos à Ascom PMSPA

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Um homem é preso e um adolescente é apreendido com drogas

Duas pessoas foram presas na Praça do Vinhateiro, Zona Leste de São Pedro da Aldeia, neste fim de semana. Alan Ferreira de 23 anos e um menor com 14 anos estavam em atitude suspeita. Eles foram abordados pela Polícia Militar e encontraram 44 cápsulas de cocaína com os dois. Foram autuados por tráfico e o caso registrado na 125ªDP da cidade.

Créditos ao Diário Aldeense
Com informações de Renata Cristiane.

Falta de luz afeta abastecimento de água novamente

Já somam-se dois casos de problemas com distribuiçãod e energia em menos de um mês na  instalação da Prolagos em Araruama
Moradores de São Pedro da Aldeia e Região estão sofrendo com deficiência em seu abastecimento de água, o motivo é a falta de luz no município de Araruama na área em que se encontra a subestação da Ampla que atende a Estação de Tratamento de Água Juturnaíba e as principais Casas de Bomba e Reservatório da Prolagos, localizados em São Vicente de Paulo

Com a falta de luz, a produção e a distribuição de água estão paralisadas desde às 23h30 de domingo. A Prolagos informou em nota que após ficar 14 horas consecutivas sem energia elétrica, o seu sistema de produção e distribuição de água voltou a funcionar às 13h30 desta segunda-feira (28/01), mas a normalização do abastecimento nas cinco cidades da sua concessão deverá acontecer gradativamente ao longo das próximas 48 horas, desde que não haja novas interrupções no fornecimento de energia elétrica.

Esse caso já é o segundo registrado em menos de um mês na mesma subestação da concessionária de água e esgoto devido deficiência operacional da Ampla, empresa responsável pelo abastecimento de luz. O último caso foi registrado no dia 03/01, somente sendo restabelecida às 12h do dia 04/01.

Créditos ao Diário Aldeense

Secretaria de Ação Social e Habitação planeja intervenções na capela mortuária e construção de novo Cemitério Municipal

A Secretaria Municipal de Ação Social e Habitação já está providenciando os reparos da capela mortuária. No local será feito a manutenção do piso, azulejos, portas, pintura e limpeza geral. A previsão para início das intervenções é para daqui a 20 dias. A construção de um novo cemitério municipal também é um planejamento da pasta.

A Secretária Municipal de Ação Social e Habitação, Sandra Coelho, explicou sobre os procedimentos necessários para solicitar o enterro. “Nós temos que trabalhar em cima do que é certo e legal. Em 20 dias, tivemos casos de pessoas que quiseram enterrar os seus familiares sem apresentar a guia de sepultamento expedida pelo cartório, o que não é possível. Já colocamos no quadro de avisos na administração da capela o texto da Lei que ampara este procedimento. É imprescindível que este documento seja apresentado para que possamos realizar o sepultamento”, salientou. Ainda segundo a Secretária, para facilitar a vida dos munícipes, caso ocorra óbito em finais de semana, a administração da capela vai informar os locais de plantão do Juiz.

Sandra também falou sobre o planejamento da construção de um novo cemitério em São Pedro da Aldeia. “Já estamos estudando a construção de um novo cemitério municipal, que é uma necessidade urgente do município devido à superlotação do espaço físico. Ainda estão sendo concluídas as negociações do terreno, mas esperamos que tudo seja acertado o mais breve possível”, disse.

Créditos à Ascom PMSPA

Prefeitura começou novo projeto em área denunciada pelo Diário Aldeense

Prefeito também esteve presente para analisar de perto a situação do bairro
foto: Renato Proença
A Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia iniciou hoje (28/01) o projeto É Tempo de Viver Bem no bairro Baixo Grande local de denúncia do Diário Aldeense quanto às péssimas condições de limpeza e ordem pública. Foram iniciados trabalhos de capina, limpeza de bueiros e fiscalização de focos de dengue. Contudo, grande quantidade de entulho permanece às margens da Laguna Araruama.

O projeto é fruto da união de diversas secretarias, como Urbanismo, Meio Ambiente, Serviços Públicos, Educação e Saúde. De acordo com o prefeito, o “É tempo de viver bem” avança nos trabalhos já iniciados pelo mutirão emergencial de limpeza, realizado desde os primeiros dias de governo.

“Agora, unimos várias secretarias para agir nos bairros, com ações contra a dengue, postura, limpeza pública, vigilância sanitária, obras e outras. Vamos buscar parceria com a população para melhorarmos a qualidade de vida em todos os bairros da cidade” explicou o prefeito.

Os trabalhos se iniciarão hoje, mas de acordo com a grande quantidade de serviço a ser realizado no bairro da Zona Leste, o projeto deve permanecer até quarta-feira (30/01) podendo se estender se necessário. Também está prevista a dragagem da margem da Laguna.

“A dragagem a margem da lagoa, por exemplo, só poderá ser feita a partir de quarta-feira. Por isso, acredito que ficaremos mais tempo por aqui” - disse Adriana Saad, secretária do Meio Ambiente.

Créditos ao Diário Aldeense

Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda divulga oportunidade de emprego

A Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda divulgou um aviso de vaga para assistente de vendas na empresa Elever Consultoria e Projetos. Os aldeenses maiores de 25 anos que estiverem interessados deverão enviar seus currículos até o dia 13 de fevereiro para rh@eleverconsultoriaeprojetos.com.br. As entrevistas começarão no dia 14 de fevereiro. Confira os pré-requisitos:


Função: Assistente de Vendas – “Cadastrador”

Perfil do candidato:
- Ambos os sexos
- Idade acima de 25 anos
- Ensino Médio Completo
- Experiência em relacionamento com o público
- Carteira de habilitação: categoria “A” (moto) – O candidato deverá possuir moto de até 150cc e acima do ano de 2000
- Morar na cidade de São Pedro da Aldeia

Proposta:
- Remuneração: salário + prêmios + alimentação + ajuda de custo + ajuda combustível + seguro de vida
- Contratação: CLT (Código Lei Trabalhista)
- Área de atuação: cidades da Região dos Lagos
- Jornada de Trabalho: se segunda a sexta-feira


Visão de futuro:
- Plano de carreira dentro da própria função.
- Caso o currículo seja aprovado, a empresa entrará em contato com o candidato para agendar a entrevista.

Créditos à Ascom PMSPA

domingo, 27 de janeiro de 2013

Prefeitura toma providências depois de denúncia do Diário Aldeense

Antes
Depois
A Prefeitura de São Pedro da Aldeia tomou providências depois de reportagem do Diário Aldeense que mostrou a péssima situação da via que circunda a Base Aérea Naval da cidade. A rua Bela Vista já foi patrolada e as crateras que estavam na via foram fechadas.

No dia 23 de janeiro, o Diário Aldeense denunciou as péssimas condições da rua Bela Vista. Moradores reclamavam do alto IPTU pago e da falta de reflexo do dinheiro em melhorias no local. COntudo, nos outros bairros denunciados não foram tomadas providências até o momento.

CRéditos ao Diário Aldeense

Secretaria de Ação Social e Habitação reabre CREAS e CRAS

A Secretaria Municipal de Ação Social e Habitação já iniciou os trabalhos emergenciais e de melhorias para o setor. Como medida prioritária, a Secretaria reabriu o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do município, cortou despesas e reorganizou toda a equipe de funcionários. A pasta de “Trabalho” agora está sob encargo da Secretaria de Agricultura. Por conta disso, as oficinas visando à geração de emprego e renda, como manicure, culinária, cabeleireiro, entre outros, não serão mais oferecidos nos CRAS. A medida também é uma normatização da Secretaria Estadual de Assistência Social.

A Secretária Municipal de Ação Social e Habitação, Sandra Coelho, explicou sobre o funcionamento dos CRAS. “O CRAS é um espaço que cumpre o que determina a lei do Sistema Único de Assistência Social e que visa o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários. Por isso, as unidades oferecem oficinas e atividades de cunho socioeducativo, com o objetivo de garantir os direitos e a plena cidadania dos aldeenses. O CRAS organiza a oferta de ações socioassistenciais a população e promove o bem estar e a proteção social as crianças, adolescentes, idosos e a família em geral. É um trabalho essencial de acolhimento, conscientização e inclusão social que contribui para a qualidade de vida dos nossos munícipes”, declarou.

A Secretária esclareceu que já estão sendo feitos trabalhos de identificação das demandas dentro dos bairros. “Nós já estamos visitando os bairros para fazer um levantamento das demandas locais e identificar quais são as principais necessidades da população para, posteriormente, implantar atividades, projetos e oficinas dentro dos CRAS para atender a essas solicitações. Nossa meta para o setor é implantar instrumentos para efetivar uma gestão participativa, que permita a articulação da sociedade civil e o Poder Público, bem como a integração com os conselhos municipais”, disse.

Atualmente, o município conta com seis CRAS localizados nos bairros Morro do Milagre, Balneário das Conchas, Rua do Fogo, São João, Porto da Aldeia e Alecrim. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Cada unidade conta com uma equipe técnica e de apoio, composta por coordenador, assistente social, psicólogo, orientador social, recepcionista e funcionário para serviços gerais. No local também é feito o cadastramento no Programa Bolsa Família, do Governo Federal. Já o CREAS oferece serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos.

Sandra também falou sobre as primeiras providências tomadas na sede, a fim de organizar o setor. “No primeiro momento, nós reunimos toda a equipe e fizemos um trabalho de motivação; cortamos despesas e estamos trabalhando com o mínimo necessário. Durante esse processo, contamos com a ajuda de outras secretarias, que nos orientaram e nos prestaram auxílio nos procedimentos administrativos. Agradeço muito a todos eles. Hoje conseguimos montar uma equipe técnica bastante dedicada, eficiente e capacitada para atuar nessa área que é tão abrangente e importante para o desenvolvimento social dos nossos munícipes”, declarou.

Créditos à Ascom PMSPA

Mutirão continua nesta segunda-feira e passará por mais 4 áreas

A equipe da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, responsável pelo mutirão de limpeza, continua seus trabalhos nesta segunda-feira. Para garantir a ordem e a limpeza pública o mutirão estará em 4 áreas da cidade.

Segunda-feira: (28/1)

Área 1 – Centro, Mossoró, Porto da Aldeia, Poço Fundo, Boqueirão, Sudoeste, Baleia e Ponta da Areia.

(1 caminhão de galhos)

Área 2 – Estação, São José, Bela Vista, Morro do Milagre, Bairro Fluminense, Boa Vista e Retiro.

(1 caminhão de galhos e uma roçadeira)

Área 4 – Recanto do Sol, São Mateus e Botafogo.

( 1 caminhão toco e uma retroescavadeira)

Área 5 – Porto do Carro, Alecrim, Orquídeas e Parque Arruda.

(uma retroescavadeira e 1 caminhão truck)

Créditos ao Diário ALdeense

Prefeitura reestiliza Mutirão Limpa São Pedro e continuará promovendo melhorias nos bairros

Com a previsão do término do Mutirão Limpa São Pedro, iniciado no início do mandato do atual prefeito,  para o fim desse mês, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia lançará o Projeto Viver Bem, que consiste em continuar com a limpeza da cidade. Serão feitas ações de limpeza das vias, recolhimento de lixo, reeducação ambiental, saneamento básico, reparos elétricos e hidráulicos. Os trabalhos terão início logo nesta segunda-feira em um dos locais mais abandonados pelos governos municipais que passaram por essa cidade, a Zona Leste, e o primeiro bairro a receber o projeto será o Baixo Grande, o qual faz parte de denúncias do Diário Aldeense quanto ao acúmulo de materiais despejados irregularmente e perto da maior laguna hipersalina do mundo, a Laguna Araruama. O cronograma, que dará continuidade ao projeto nos demais bairros, será definido no dia 4 de fevereiro com a divisão do município em áreas de atuação.

O projeto é uma ação conjunta de várias secretarias municipais. A Secretaria de Meio Ambiente, Lagoa e Pesca e a Secretaria de Serviços Públicos vão comandar as reformas e jardinagem. A Secretaria de Saúde agirá diretamente no combate a Dengue, fazendo junto aos moradores a prevenção contra o criadouro de focos do mosquito. O Projeto vai contar ainda com a participação da Secretaria de Educação.

O choque de ordem contará, assim como ocorria no Mutirão, com caminhões de galhos, caminhões truck, retroescavadeiras, dois caminhões tocos, duas roçadeiras manuais e equipes de capina. Para que as áreas sejam mantidas limpas após a passagem do Projeto, haverá também o trabalho de conscientização. Os moradores serão informados sobre os horários e dia da coleta lixo. Guardas municipais ambientais informarão aos residentes sobre a importância e como efetuar o descarte de esgoto e lixo adequadamente.

“Estamos com o objetivo de mudar a cara dos bairros, esse choque de ordem no Baixo Grande vai desde o saneamento básico, com troca de manilhas pequenas por grandes, até a mudança de postura dos próprios cidadãos. Vamos limpar e mudar o visual dos locais, mas precisamos da participação da população. Continuaremos fazendo esse apelo para que todos colaborem, para assim, realizarmos a gestão participativa, que o Prefeito Cláudio Chumbinho deseja. Os aldeenses são parte muito importante para que esse projeto seja um sucesso” - disse o Secretário de Serviços Públicos, Volmar Madruga.

Créditos ao Diário Aldeense

Prefeitura vistoria obras no antigo Parque Municipal

Prefeito visitou obras de paisagismo no entorno do Teatro Municipal
foto: Fernando Chaves
O projeto do Parque Municipal, iniciado no governo do então prefeito Paulo Lobo, recebeu na tarde do dia 25/01 a visita do atual prefeito, Cláudio Chumbinho. Foram realizadas visitas na obra de paisagismo no entorno do Teatro Municipal, o maior da Região dos Lagos, e nas áreas onde serão erguidos os prédios da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e da sede da Prefeitura Municipal, obras abandonadas desde o fim do mandato do ex-prefeito Paulo Lobo.

Também foi realizada uma visita interna ao Teatro para avaliar as demandas do local com o novo diretor, Nelson Yabeta.

Créditos ao Diário Aldeense

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Bateria de escola de samba carioca abrirá carnaval aldeense

Bateria da Estação Primeira de Mangueira é uma das principais atrações do Carnaval 2013 em São Pedro da Aldeia
O carnaval 2013 de São Pedro da Aldeia tem como tema "Gentileza gera gentileza" e para realizar a abertura, a bateria da escola de samba carioca, Estação Primeira de Mangueira. A apresentação acontecerá no centro da cidade no dia 08 de fevereiro e contará com a presença do cantor, compositor e presidente mangueirense Ivo Meirelles. A abertura começa às 17h com matinê infantil e logo após o DJ Win agitará o público. Às 23 horas, a bateria sobe ao palco junto com seu presidente para entreter o público. A festa continua todos os dias, até o dia 12 de fevereiro, sempre a partir das 17h com shows e blocos em diversos pontos da cidade.

“O carnaval de São Pedro da Aldeia tem a marca da integração familiar. É uma tradição na Região dos Lagos e centenas de famílias vêm para cá em busca dessa tranquilidade, alegria e acolhimento. Além disso, a temática escolhida também está associada à nova fase da Prefeitura, que tem como slogan É Tempo de Viver Bem, que nos inspira a viver e conviver melhor. Desde o primeiro dia de governo, o Prefeito vem dando atenção especial à Cultura e para o carnaval não foi diferente: buscou apoios e patrocínios para que este carnaval seja de muito sucesso e paz”, disse Evaldo Bittencourt, Secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer.

Ocorrerá fechamento das vias do centro da cidade e em alguns bairros para realização dos eventos carnavalescos. A Prefeitura informa que por conta da chegada de turistas e visitantes, será evitdo fechar a entrada da cidade na quinta, sexta e sábado. O 25º Batalhão da PM reforçará o policiamento e garantirá a segurança dos foliões durante todo o carnaval. Por noite, uma média de 20 guardas municipais estarão atuando nas ruas com o apoio da polícia militar.

O Diário Aldeense tem uma página exclusiva para o Carnaval 2013 em São Pedro da Aldeia com toda a programação dividida em horários e dias em toda a cidade. Confira já!

Créditos ao Diário Aldeense

Para promover agricultura municipal, Prefeitura promete reativação de projetos além de recuperação de estradas vicinais

Mercado Municipal passará por reestruturação em novo projeto para promoção da agricultura em São Pedro da Aldeia
A Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia divulgou hoje por meio de sua assessoria de imprensa o interesse em promover a agricultura na cidade e uma das metas é a recuperação das estradas vicinais, que também será uma das primeiras ações a serem realizadas. A Secretaria de Agricultura seguirá o modelo de mutirão adotado pela Secretaria de Serviços Públicos para limpar a cidade.

Entre as metas está também adoção de medidas no Mercado Municipal e na Feira Livre, reativação do Pólo Rural, o qual já está com um grande evento sendo programado para o local segundo o Secretário, além da criação de  uma Feira de Agricultura Familiar para os produtores locais, a qual deve começar a ser implementado somente no segundo semestre de 2013.

Uma outra medida que está em situação de estudos para se concretizar em breve é a reativação da parceria com a Secretaria de Educação para que os produtores familiares aldeenses possam vender seus produtos para as escolas do município, isso inclui vegetais, verduras e pescado.

“Não só os produtores familiares, mas também os pescadores estão incluídos. Mas antes, precisamos organizar boa parte dos produtores rurais para que eles possam estar aptos a participar do projeto” - disse Dimas, Secretário de Agricultura.

Desativado nos últimos anos, a reativação do Conselho Municipal de Agricultura e Pesca está sendo reestruturado para vir a funcionar em breve.

Em relação aos criadores de gado, o secretário afirmou que o município passará por duas campanhas de vacinação. Além da já tradicionalmente realizada em parceria com o governo do Estado, que é a contra a febre aftosa, haverá campanha contra a peste da mangueira, que segundo o secretário é a principal causa de óbitos bovinos na região.

Créditos ao Diário Aldeense

Mutirão de limpeza chega a quatro áreas de São Pedro da Aldeia amanhã (25/01)

Dando continuidade ao mutirão emergencial de limpeza, realizado pela Secretaria de Serviços Públicos, as intervenções para recolhimento de lixo e reparos elétricos chegam nesta sexta-feira, 25, a quatro áreas de São Pedro da Aldeia. As intervenções acontecerão em dezoito bairros aldeenses.

Confira abaixo a programação:

Área 1- Centro, Mossoró, Porto da Aldeia, Poço Fundo, Boqueirão, Sudoeste, Baleia e Ponta da Areia.

(1 caminhão truck, 1 caminhão de galhos, 1 caminhão de tocos e uma retroescavadeira)

Área 3- Rua do Fogo, Cruz e Três Vendas.

(uma retroescavadeira, uma patrol, um caminhão e 1 restolho).

Área 7- Balneário, Praia Linda e Flexeira.

(uma roçadeira).

Área 8- Campo Redondo, Bairro São João, Jardim Primavera e Colina.

(uma retroescavadeira, 1 caminhão truck, 1 caminhão de galhos e uma equipe com cinco serventes para capina no local).

Créditos à ascom PMSPA

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Reivindicações de iluminação pública e manutenção acontecem e ao que aprece, sem resposta

A população de diversos bairros de São Pedro da Aldeia estão reclamando da precária iluminação pública do município e da falta de assistência e satisfação aos contribuintes por parte da Prefeitura Municipal. Eles ligam para os telefones divulgados pela Secretaria de Serviços Públicos e não obtém resposta satisfatória ou até nenhuma resposta em relação aos problemas apresentados.Recentemente o Diário Aldeense divulgou denúncias nos bairros Balneário São Pedro, Vinhateiro, Baixo Grande, São João, Colina e outros, muitas delas sem resposta por parte dos responsáveis e outras com informações vagas.

Via lateral a única Base Aérea e Naval do país ainda sofre com chuvas, falta de drenagem e pavimentação.
Moradores da Rua Bela Vista, mais conhecida como Rua da Santa fruta, reclamam da precária situação da via e pedem providências emergenciais ao governo municipal.  Devido ao alto IPTU, segundo uma moradora, no valor de aproximadamente 700 reais, a via não poderia estar a merce da ação do tempo e da sorte.

No bairro Base, próxima a Base Aérea e Naval de São Pedro da Aldeia, a  única do gênero no Brasil, a situação se repete. Ruas sem iluminação adequada comprometem a segurança de moradores e dificultam a vida dos que precisam passar por elas, seja camuflando os buracos das péssimas calçadas ou servindo de apoio a bandidagem, um exemplo dessa situação é a Rua Ituriel.

Na Praia Linda, galhos e lixos continuam em ruas adjacentes às principais. Também há reclamações da falta de manutenção e pavimentação do bairro. Situação repetente no bairro Jardim Morada da Aldeia.

Recentemente o Diário Aldeense também expôs a situação dos bairros Vinhateiro, Baixo Grande, Porto do Carro, São João e Colina e Balneário São Pedro que também passam por problemas parecidos de iluminação precária, ruas esburacadas e sem trabalho algum de varrição e manutenção.

Hoje (23/01), a Secretaria de Serviços Públicos fez consertos no bairro Colina. Manilhas foram recolocadas para dar fim ao esgoto que corria em rua do bairro depois de reivindicação de moradora.

Você tem imagens da situação atual do seu bairro? Mande para diarioaldeense@live.com e compartilhe com toda a cidade.


Créditos ao Diário Aldeense

Moradores reclamam de atuação do Mutirão no bairro Vinhateiro

Moradores da Travessa 13 de Maio, no bairro Vinhateiro, Zona Leste, reclamam que os trabalhos de limpeza só ocorrem nas vias principais. No caso da reclamação, a rua em questão, adjacente à Estrada dos Passageiros, não recebeu serviços como capina e máquina patrol, logo que a via ainda é de areia.

"Foi divulgado um Mutirão de Limpeza, bom, até aí é válida a intenção, mas só passou nas principais, porque aqui na Travessa 13 de Maio passou foi bem longe. Vamos ver se com essa extensão dada a duração do mutirão, nós moradores sejamos abençoados e dignos de receber o mutirão, e porque não também troca de lâmpadas, tampar buracos ou quem sabe, por um milagre o asfalto possa chegar a nossa rua" - disse Flávio Mendes, morador do bairro e residente na Travessa.

Entramos em contato com a Secretaria de Serviços Públicos e, infelizmente, até o momento de publicação dessa reportagem, nenhuma satisfação nos foi dada em relação ao problema apresentado.

Créditos ao Diário Aldeense

São Pedro da Aleia deve ganhar em breve um Centro de Oportunidades

O Governo Municipal de São Pedro da Aldeia está mirando na geração de empregos, pelo menos é o que parece, pois a Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda anunciou que têm planos para implementar na cidade um Balcão de Oportunidades. Contudo, o local em que será implementado o projeto ainda é indefinido.

“Vamos ter um espaço onde o trabalhador possa dar entrada no seguro desemprego, na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), entre outros serviços, além do atendimento online, via internet, com divulgação das vagas de trabalho existentes no município. Vamos tirar como modelo o Banco de Oportunidades do município de Volta Redonda, considerado o mais eficiente do Rio de Janeiro” explicou Dimas, Secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda.

Também estão previstas outras ações para auxiliar e facilitar a resolução de problemas por parte do trabalhador, entre elas o incentivo à capacitação pelo CVT Aldeense e do IFF. A Secretaria está conversando com representantes das instituições para abertura de cursos na cidade, mas para isso, segundo o secretário, é necessária a criação do Conselho Municipal de Trabalho e Renda que deve ser formado com participação da sociedade civil e de representantes governamentais, o qual já está sendo providenciado.

Créditos ao Diário Aldeense

Governo Municipal promove reunião com bancos, porém somente duas instituições compareceram

Prefeitura promoveu reunião com bancos, porém somente representantes da Caixa Econômica Federal e
do Banco do Brasil compareceram. Prefeito classificou falta dos outros como ato desrespeitoso.
foto: Raíra Morena
Devido ao alto índice de reclamações feitas no Procon pela população aldeense em relação a demora para o atendimento nos bancos, o Prefeito Cláudio Chumbinho, solicitou junto a Procuradoria Geral do Município uma reunião com os representantes das Agências Bancárias de São Pedro da Aldeia. O encontro foi realizado na Prefeitura, nessa quarta-feira, 23. Participaram representantes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, embora, tenham sido convidados o HSBC, Banco Popular, Itaú e Bradesco, os mesmos não compareceram.

A reunião teve o objetivo de apresentar as instituições financeiras todas as reclamações da população que foram relatadas pelo Procon. Além, de cobrar o cumprimento da Lei Estadual, que prevê o limite máximo de 20 minutos de permanência na fila em dias normais e até 30 minutos em véspera e pós- feriados.

O prefeito Cláudio Chumbinho agradeceu a presença dos representantes da Caixa Econômica e do Banco do Brasil, no entanto, lamentou o não comparecimento das demais instituições, o que classificou como falta de respeito. “Estamos buscando um diálogo entre Poder Executivo e as agências bancárias, pois o Procon recebeu um grande número de reclamação na demora do atendimento. Com isso, quem sofre é a população. Essa reunião foi para passar essas demandas e ouvir os representantes das instituições para ficarmos cientes se a lei está sendo cumprida ou não. O não comparecimento das demais instituições foi um ato desrespeitoso”, disse.

Segundo a representante do Procon de São Pedro da Aldeia, Gesiane Barbosa, o diálogo com as instituições financeiras visa a resolução dos problemas de maneira amigável.

“No Procon primeiramente objetivamos a defesa e resposta ao consumidor, mas queremos estabelecer a resolução dos problemas sem que seja necessário o desgaste com os bancos. O que a população mais deseja é uma solução, então é o que vamos buscar. Após as respostas fornecidas pelas instituições financeiras, algumas soluções já poderão ser passadas aos consumidores. É muito importante que haja essa transparência, também, por parte das agências bancárias” afirmou Gesiane.

De acordo com o Procurador Geral do Município, Cristiano Oliveira, o levantamento das reclamações será enviado para as instituições financeiras. A partir do envio, o Procon cobrará junto aos bancos o cumprimento da lei estadual.

“Após o pedido do prefeito Cláudio Chumbinho, solicitamos junto ao Procon o levantamento das principais reclamações da população em relação aos bancos de São Pedro da Aldeia. O levantamento apontou como maior queixa a demora no atendimento bancário. Enviaremos essa reclamação para as agências e eles vão nos responder se o serviço está sendo feito de acordo com a legislação estadual, que prevê o atendimento em até 20 minutos em dias normais e em véspera e pós- feriados até 30 minutos. Em seguida, os bancos serão fiscalizados e se o atendimento não estiver de acordo com a legislação estadual, a agência será notificada”, explicou Cristiano.

Os representantes do Banco do Brasil, Renato Campello, e da Caixa Econômica Federal, Jean Lacerda, se comprometeram em avaliar o serviço bancário. E colocaram as agências a disposição, do Procon, para visitação e mais esclarecimentos.

Créditos à Ascom PMSPA

Prefeitura promove reunião com representantes de farmácias para discutir obrigatoriedade do plantão 24h

Prefeitura se reuniu com representantes das farmácias para tratar da obrigatoriedade do plantão 24h das farmácias
foto: Raíra Morena

O Prefeito Cláudio Chumbinho reuniu-se, na manhã dessa quarta-feira (23) em seu gabinete, com quatro representantes e proprietários de farmácias e drogarias do centro da cidade. A reunião, promovida pela Procuradoria Geral do município e o Procon municipal, teve como objetivo discutir e reafirmar, junto aos empresários, o cumprimento da Lei Federal e da Lei Municipal que dispõem sobre a obrigatoriedade das farmácias e drogarias funcionarem em plantão 24h, em sistema de rodízio, sete dias por semana, bem como definir uma nova escala noturna de plantão. A reunião contou com a presença do Secretário de Governo, Edmilson Bittencourt.

De acordo com o Prefeito Cláudio Chumbinho, a reunião teve saldo positivo e os empresários mostraram bom entendimento da necessidade de cumprir as leis e atender aos munícipes. “É essencial nós mantermos um bom diálogo com os empresários do ramo, uma vez que as farmácias prestam um amplo serviço à população. Estamos abrindo esse espaço democrático para chegar a um consenso com os empresários, discutir propostas e organizar o rodízio de plantão, para que a legislação seja cumprida e a população seja atendida de forma ininterrupta. Fomos felizes, pois os representantes entenderam o nosso propósito”, finalizou.

De acordo com o Procurador Geral do município, Cristiano Oliveira, o encontro teve como objetivo esclarecer sobre a necessidade do cumprimento dos plantões noturnos, além de abrir o diálogo entre o Poder Público e os empresários do ramo farmacêutico da cidade. “Fizemos um levantamento das demandas do Procon e tivemos a informação de que foram recebidas muitas reclamações da população acerca do não cumprimento dos plantões noturnos das farmácias, estabelecido por lei. O objetivo dessa reunião, determinada pelo Prefeito Cláudio Chumbinho, é estarmos dialogando com muita transparência no sentido de disciplinar esses horários. Além disso, existe a legislação Federal e Municipal que determina que compete ao município estar organizando os plantões noturnos. Por isso, convocamos os empresários para saber de suas demandas e disponibilidades, a fim de cumprir a lei”, disse.

O cadastro das farmácias e o planejamento do rodízio já estão sendo feitos pela Secretaria Municipal de Saúde. As farmácias do município serão divididas por zonas e o sistema de rodízios será definido de acordo com o número de farmácias de cada localidade. “Nós estamos fazendo o zoneamento das áreas por partes. Fizemos essa primeira reunião somente com as farmácias do centro para atender uma demanda emergencial, mas, posteriormente, vamos convocar também as farmácias dos bairros para que todo o município seja atendido”, explicou advogada e membro da Coordenadoria Municipal de Proteção ao Consumidor, Gesiane Barbosa.

Na ocasião, os representantes dos estabelecimentos expuseram suas dificuldades, como a falta de farmacêuticos para o plantão, e ressaltaram a necessidade de uma maior segurança durante a madrugada. Sobre isso, o Prefeito Cláudio Chumbinho esclareceu que já existe um planejamento na área de Segurança Público para atender à demanda. “Nós vamos implantar um projeto de monitoramento da cidade, com instalação de câmeras de vigilância. Além disso, vamos firmar parceria com o Governo do Estado, com o 25º Batalhão da PM e a Guarda Municipal, a fim de reforçar o policiamento do município e garantir a segurança dos comerciantes”, declarou.

De acordo com a advogada e coordenadora do Procon, Sandra Figueiredo, a intenção é garantir o funcionamento do serviço e não penalizar o empresário. “A intenção é conciliar os interesses. Precisamos que a tabela de plantão seja cumprida para evitar multas, notificações ou mais reclamações por parte da população junto ao Procon. Além disso, o cumprimento à lei é obrigatório e de necessidade pública”, destacou.

O Procurador Geral também explicou sobre o trabalho de fiscalização e dos deveres do Poder Público. “A partir do momento que os plantões forem definidos e os empresários se comprometerem a cumprir, o Procon, através da sua Coordenadoria, irá iniciar um trabalho de fiscalização noturna. Com a escala de revezamento em mãos, a equipe do Procon irá em cada estabelecimento para verificar se, de fato, a legislação federal e municipal está sendo cumprida. Também sabemos dos deveres da Administração Pública, que é de fornecer o primeiro medicamento no posto de saúde, e nós vamos cumprir essa determinação legal, mas precisamos que a farmácia cumpra com suas obrigações”, salientou.

Agora, o Procon vai enviar ofícios às farmácias para comunicar a necessidade do empresário em se enquadrar às leis e estabelecer um prazo para o cumprimento dos plantões.

Créditos à Ascom PMSPA